Páginas

sábado, 11 de agosto de 2007

O que é Pensamento Sistêmico?

O que é sistema?
Algo constituído por um conjunto de partes ou elementos que são coordenados entre si, funcionam como estrutura organizada e se influenciam mutuamente. Nas organizações em geral estes elementos podem ser diferentes departamentos, processos, funções, etc.

Por que surgiu o Pensamento Sistêmico?
Tudo começou no século passado, com a mudança de paradigma do pensamento linear para o pensamento sistêmico. O pensamento linear simplifica a realidade, como se as perguntas possuíssem somente uma resposta. Apesar de anteceder o pensamento sistêmico, é um conceito necessário e fundamental para algumas áreas do conhecimento que necessitam de uma abordagem de causa e efeito. Ocorre que esta abordagem não é suficiente nos casos que envolvem sentimentos e emoções. Ou seja, não é capaz de tratar e entender a totalidade da vida humana. Assim, surgiu o pensamento sistêmico ou holístico que admite que as perguntas não possuem apenas uma resposta. Aliás, geralmente, possuem várias respostas e que muitas vezes são até contraditórias. Hoje, o conceito evoluiu de tal maneira que já temos computadores que estão sendo projetados para ’pensar’ de uma forma não linear, copiando os seres humanos na sua habilidade de pensar sistemicamente. Tomar uma decisão sem ter a visão do todo pode gerar decisões unilaterais, isoladas e pouco efetivas. Daí precede a necessidade de melhorar nossa capacidade de compreender o encadeamento das ações e dos elementos dentro de uma organização, treinando nossa habilidade de observar e gerando uma visão sistêmica.

Por que devemos pensar de forma sistêmica?

Muitos líderes esquecem-se de que toda ação tem implicações e conseqüências e que, antes de ser implementada, deve ser cuidadosamente considerada e analisada. Se o pensamento sistêmico implica em conhecer a organização enquanto um todo e analisar as suas várias partes e a interação existente entre elas, então, um líder deve ser capaz de fazer um exercício para prever as implicações e conseqüências mencionadas anteriormente. Para exemplificar, pense em um funcionário tido como modelo que trabalha na tesouraria há 10 anos. Descobre-se que ele vem se apropriando de pequenos valores semanalmente. Decide-se por demiti-lo. Ora, esta decisão pode envolver muitos aspectos: os fatos em si, quem mais está envolvido, o que gerou ou permitiu esta ação, desdobramentos futuros da situação, opiniões de outros funcionários, e outras variáveis. Veja, uma decisão como esta, a de demitir um funcionário e que envolve tantos aspectos, se tomada de forma linear, pode ser injusta, ineficiente e gerar ainda mais problemas, isso porque não foram consideradas todas as implicações e consequências na decisão. Assim, ao pensarmos de forma sistêmica, nós nos abrimos para várias possibilidades:
• Levar em consideração múltiplos focos, aspectos, variáveis e relações;
• Buscar várias soluções combinadas para resolver um problema e aprender algo com a situação;
• Gerar várias interpretações, sem necessariamente fazer julgamentos apressados;
• Buscar por alternativas que não haviam sido consideradas antes;
• Analisar todas as conseqüências que podem surgir com uma decisão;

• Ser capaz de projetar um horizonte mais realista;
• Desenvolver a habilidade de observação;
• Permitir que sejamos sempre aprendizes, independentemente da situação ser semelhante a outras já vividas.

Não abra mão do pensamento sistêmico na sua liderança. Seja um líder que tem visão sistêmica. Saiba que este conceito tem tudo a ver com equipes, gestão de conflitos, mudança, planejamento estratégico e outros conceitos de gestão que podem, de fato, potencializar a atuação da empresa e a eficiência da sua liderança.

14 comentários:

Renata disse...

Olá, muito boa sua definição sobre o pensamento sistemico. Utilizarei suas idéias em uma apresentação que estou montando.
Obrigada!!!

Marcos... disse...

Ótimo conteúdo sobre o pensamento sistêmico, o mais "simples" que achei.
Faço Sistemas de Informação na UNDB - MA e o tópico me ajudou muito.
Sucess.

Anônimo disse...

Muito bom seu conceito sobre pensamento sistemico, simple objetivo e direto.
Faço Adm na FALEC, em Curitiba/Pr.
Um abraço a todos.

jOSÉ CÍCERO RAMOS DA SILVA - ESTUDANTE DE ADMINISTRAÇÃO, FAA(AL) disse...

Foi significativo este conteúdo, muito bem balisado nas questões sistêmicas e lineares, parabén ao editor.
José Cícero Ramos da Silva, estudante de Administração- FAA(AL)

Anônimo disse...

Sua definição é bem clara, obrigado pela publicação dela.

Bom dia.

Wesgley Guerra disse...

Relevante as colocações feita pelo autor... O Pensamento sistemico e muito flexivel e dinamico comobem colocou... um bom link sobre PS é o de humberto http://somaie.vilabol.uol.com.br/complexo.html muito bom tb
Sim sou formado em ADM trabalho com coonsultoria e-b e e-c

ROBERTA disse...

EXCELENTE A DEFINIÇÃO DE PENSAMENTO SISTEMICO.
ME AJUDOU BASTANTE.

Hector Paulo disse...

Oi Romel Zanini.
Ótimo seu texto sobre a visão do sistêmica e a importância do pensamento sistêmico para potencializar a eficiência da liderança.
Segue um programa para certificação em Pensamento Sistêmico que possa interessar:
http://visaosistemica.com.br/
Abraços

Anônimo disse...

Ótima definição.

Obrigada!

tamara disse...

adorei sua explicação sobre
visão sistêmica, simples e direta
para mim foi ótimo, pois começei
a fazer facu agora em recursos
humanos e tudo é muito novo para mim, muitas das vezes as explicações
é muito complexa e vç demora + de entender, mais o seu conteúdo está + que explicado, obrigada por postar

Hector Paulo disse...

Ola Romel,

ressalto também entre os pontos do porque devemos pensar sistêmicamente que com o crescimento da complexidade percebida nas organizações, o pensamento sistêmico tem sido cada vez mais importante para a eficácia profissional.

As pessoas vivem em um mundo cada dia mais complexo. No entanto, os estilos de pensamento não têm acompanhado essa complexidade na maioria dos casos. Isto ocorre porque as pessoas acreditam que tudo é mais simples do que é realmente, ignorando a complexidade do todo.

Conseguir entender o funcionamento das estruturas envolvidas permite ao profissional antecipar consequências e avaliar as situações de forma que suas ações sejam mais efetivas. O pensamento sistêmico favorece uma visão holística da complexidade ao facilitar a identificação e visualização de variáveis e estruturas complexas.

Outro ponto é a necessidade de ferramentas que auxiliem neste processo. Hoje já há ferramentas que apoiam o uso do Pensamento Sistêmico e outros métodos e técnicas da Aprendizagem Organizacional. Segue um programa de capacitação em uma destas ferramentas: http://visaosistemica.com.br/

itacir disse...

Fala isso como se a busca por simplificar não fosse, ao menos, válida.
Simplificar não significa se manter fácil. É facilitar o manuseio, podendo escalar, agora sobre uma base simples, cômoda, dócil; altitudes nunca imagináveis nos tempos de "absorver tudo, quanto mais e muito, sem seleção, critério, senso de autopreservação, indiscriminadamente, chegando a ruídos desconexos formigóides, geleia sindromática, que ao dizer sim a tudo, disse não a si mesma".
Isto é parvo.

Anônimo disse...

Muito bom obrigada! Valeu

Bruna disse...

Parabéns, ótimo conteúdo.